Diretoria Executiva

A Diretoria Executiva

A Diretoria é o órgão de Administração executivo da Sociedade, composta de quatro membros, acionistas ou não, com as denominações de: Diretor Presidente, Diretor Administrativo/Operacional, DiretorFinanceiro e Diretor Técnico. A Diretoria reúne-se, ordinariamente,sempre que exigirem os interesses da Sociedade.

A Diretoria Executiva compete a Administração Geral dos negócios sociais necessários a prática de todos os atos e a realização de todas as operações que se relacionam com o objetivo da Sociedade, e especialmente:

I- Organizar o quadro de pessoal, criar e extinguir cargos e funções e fixar salários e incentivos, de acordo com a política definida pelo Conselho de Administração;

II- Traçar orientação e estabelecer os planos para o desenvolvimento da Sociedade;

III- Resolversobre a abertura, a instalação e o fechamento de filiais e escritórios.

IV- Apresentar, anualmente, à Assembléia Geral Ordinária, relatório pormenorizado sobre a sua gestão e as atividades da Sociedade, pareceres dos Conselhos de Administração e Fiscal;

V- Aprovar contratos e convênios a serem firmados pela Sociedade, ressalvado o disposto no artigo 15, incisoV, alínea "b";

VI- Elaborar o orçamento-programa anual e suas eventuais modificações;

VII-  Propor ao Conselho de Administração a alienação de bens imóveis, a constituição de ônus reais e a prestação de garantias a terceiros;

VIII- Decidir sobre operações que, embora não lucrativas, sejam necessárias para atender ao abastecimento público;

IX- Enviar ao Conselho de Administração, dentro de sessenta dias a contar do encerramento do exercício, as contas, relatórios e balanços para os fins previstos e determinados no inciso I do artigo 15;

X- Regular e decidir todos os negócios da Sociedade, qualquer que seja a sua natureza, com poderes de transigir e renunciar, respeitados os limites de competência da Assembleia Geral e do Conselho de Administração.

XI- Emitir ordens de pagamento, e equivalentes, bem como o seu aceite, aval e endosso;firmar convênios, contratos e passar procurações e, em geral, praticar atos que criem obrigações financeiras para a Sociedade ou exoneração em detrimento dela, de obrigação de terceiro, mediante a participação de três diretores ou de dois diretores e um procurador;

XII- Elaborar e submeter à apreciação e aprovação do Conselho de Administração, o Regulamento de Comercialização da CEASA;

XIII- Adotar, nas compras de material, na contratação de serviços, o princípio da licitação, de acordo comas normas estabelecidas pela legislação em vigor;

XIV- Convocar a Assembléia Geral e o Conselho de Administração, na forma deste Estatuto;

XV- Ouvidos a Assembléia Geral e/ou o Conselho de Administração, nos casos previstos em Lei ou neste Estatuto, adquirir, permutar, alienar e arrendar bens móveis em nome da CEASA;

XVI- Propor à Assembléia Geral a aplicação de lucros apurados;

XVII- Delegar competência aos seus membros para a prática de atos de Administração;

XVIII- Prestar, aos órgãos estatais competentes, informações de natureza técnica, econômica,financeira e estatística;

XIX- Exercer outras atividades que lhe forem cometidas pelo conselho de Administração ou pela Assembléia Geral

 

DIRETORES

Diretor-presidente
Matheus Galvão

Matheus Galvão é advogado de formação pela Universidade Potiguar (UNP). Possui 12 anos de experiência na advocacia privada, notada nas áreas cíveis e de direito administrativo. Enquanto Diretor Legislativo Municipal, em 2017, obteve experiência em trânsito parlamentar, tendo estabelecido boas articulações e diálogos junto aos órgãos de governo.


Diretor Administrativo
Eduardo Gomes

Já trabalhou no IBAMA, Inpasa, CRBS, Ministério do Estado do Esporte e Turismo, Assembleia Legislativa do RN, Agência Reguladora de Serviços Públicos do RN, Secretaria do Estado da Justiça e Cidadania e Agência Reguladora e de Serviços Públicos..


Diretor Financeiro
Aqueus Macedo

É graduado em Direito (UnP), com inscrição na OAB/RN, e possui  MBA em Gestão Pública (Uniderp). Possui ampla experiência nas áreas administrativa, financeira, jurídica, de gestão de contratos, de equipes e de análise de resultados. Sua expertise é, principalmente, no que diz respeito ao setor público.


Diretor Técnico
Jonas Dumaresq de Oliveira Nóbrega

É graduado em Direito (UFRN), e possui Técnico em Controle Ambiental (IFRN). Possui ampla experiência nas áreas cível, trabalhista e tributária. Também atuou como Procurador na Câmara Municipal de Lagoa de Pedras e como Auxiliar Político na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte-RN.


Atas de Reunião da Diretoria Executiva


Quadro Remuneratório da Diretoria Executiva

REDES SOCIAIS

Localização

Av. Capitão-Mor Gouveia, 3005 - Lagoa Nova, Natal - RN, 59060-400

Horário de funcionamento

De segunda-feira à sábado
03:00 às 13:00

Domingo
Fechado

Fale conosco
Open toolbar